sábado, 5 de novembro de 2011

Novembro, Tempo de Pensar, baby!

Tenho verdadeira admiração por quem consegue falar o que sente. Eu não consigo. Ou até consigo, mas é tão difícil falar sobre o que sinto que fica preso e não sai boca afora. Não sei porque sou assim, sei que sou. Então, para não surtar ou enlouquecer com tanta coisa presa dentro da minha cabeça, desorganizando meus pensamentos, e me deixando até com febre, escrevo. E escrevo muito. Tem dias que acordo atacada e escrevo o dia todo, tem dias que a inspiração não vêm e só escrevo bobagem.
Novembro. Tempo de pensar na vida antes que final de ano, Natal, Reveillon, reuniões familiares e festas sem sentido, cobrança no trabalho, cobrança de si mesmo por não ter feito tudo queria, do jeito que queria e como prometeu no final do ano de 2010, e vai prometer de novo esse ano: emagrecer, ter mais dinheiro, engravidar, casar, deixar de ser solteira, voltar a ser solteira, entre outros que entram na lista anual de desejos que 'com certeza vamos realizar' todo ano. Sinto dizer, mas quem diz que não se cobra no final do ano está mentindo. E quando a segunda quinzena de Dezembro chega, é a hora da dor cabeça de ter tudo isso junto e ter que dar conta – o que invariavelmente não acontece.
Mas ainda não é Dezembro. É Novembro. Tempo de pensar. O que você quer para 2012, 2013, 2014 e o resto da sua vida? Eu sei o que eu quero – e pode ter certeza, vou conseguir se em 2012 o mundo não acabar – , mas é segredo e não falo. Tem segredos que não falo nem à mim mesma, ficam preso dentro de mim numa bolha esquecida em algum canto da alma, mas que me cutucam às vezes.
É tempo de pensar baby, o que você quer?


Paolla Milnyczul


Conteúdo protegido por Direitos Autorais.

2 comentários:

  1. Ameiiii amora!!! Ta no caminho certo :)

    Eu quero é ser feliz e novembro é tempo de correr atras eu diria!

    te amo
    beijos e sucesso

    Kah

    ResponderExcluir
  2. Adorei a reflexão, querida... Concordo com o que diz: sempre cobramos uma resposta de nós mesmos, mas o que de concreto pode ser feito nunca será o suficiente para alimentar os nosso desejos mais "secretos" ou não. Continue nos alimentando com tuas palavras de intenso sabor. Beijo!

    ResponderExcluir